04 junho 2008

Flores Partidas


Flores Partidas é um filme bem interessante e intrigante. Uma história simples, leve, porém complicado de explicar.
O filme conta a história de Don Johnston (Bill Murray), um solteiro por convicção, possivelmente um empresário aposentado do ramo de computadores, que recebe uma carta anônima comunicando a existência de um filho seu, de 19 anos, que provavelmente está a sua procura. A partir daí, com a ajuda de seu vizinho Winston (Jeffrey Wright), parte numa viagem em busca da solução desse mistério.
O longa tem um caráter bem original, com cenas imprevisíveis, uma história bem bolada, livre de clichês; com um final totalmente instigante, uma incógnita constante. Um belo trabalho do diretor Jim Jarmusch (já postei outro filme dele aqui - sobre café e cigarros - ), que a cada filme me surpreende mais com suas idéias originais. Sem mencionar à fundo o belo trabalho do Bill Murray, que de uns anos para cá vem fazendo filmes maravilhosos.
Em resumo, o filme fala de amor, solidão, e de como encarar o passado.


Ficha técnica:
Direção: Jim Jarmusch
Roteiro: Jim Jarmusch
Ano de Lançamento: 2005
Título Original: Broken Flowers
Tempo de Duração:106 min.
Gênero: Drama/Comédia

Elenco:
Bill Murray (Don Johnston)
Jeffrey Wright (Winston)
Sharon Stone (Laura Miller)
Frances Conroy (Dora)
Jessica Lange (Carmen)
Tilda Swinton (Penny)
Christopher McDonald (Ron)
Mark Webber (Garoto)

3 comentários:

Artur disse...

outro vencedor em cannes , com certeza a historia deve ser bem original

Ranieri Brandão disse...

Realmente o Bill Murray está fantástico nesse filme.
Acho interessantíssimo q oq está partido, na verdade, é o futuro do seu personagem, q vai se extinguir ou permanecer nas confusões da incerteza. É um Jarmusch q gosto muuito e muito, este.

Suzzi disse...

Não é que eu tô gostando de todos, até agora?! Haha!
Você escreve bem! ;)